AS ESCULTURAS DEVOCIONAIS NA PROCISSÃO DO TRIUNFO NA BAHIA DOS SÉCULOS XVIII E XIX

  • Suzana Alice Silva Pereira
Palavras-chave: Esculturas devocionais, Procissão, Triunfo, Bahia, Barroco

Resumo

Este artigo apresenta as imagens devocionais remanescentes da Procissão do Triunfo, que se realizou em Salvador, Bahia, entre 1762 e 1830, situando-as no contexto socioeconômico, político e cultural da época, identificando o seu valor enquanto testemunhos históricos e analisando a sua natureza artística, enquanto elementos da imagética cristã que, sob a linguagem barroca, desempenharam papel significativo na afirmação da fé e da aliança secular entre a Igreja católica e
a Coroa portuguesa no Brasil. 

Biografia do Autor

Suzana Alice Silva Pereira

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais - PPGAV da Universidade Federal da Bahia - UFBA, linha História e Teoria da Arte, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - FAPESB.

Publicado
2021-01-11
Seção
ASPECTOS HISTÓRICOS