ESTUDO FACIAL DE 15 ESCULTURAS DO MESTRE ANTÔNIO FRANCISCO LISBOA

Análise dimensional e comparativa

  • Lucienne Maria de Almeida Elias
Palavras-chave: Mestre Aleijadinho, Metodologia de Leitura e Análise Dimensional, História da Arte Técnica, Esculturas

Resumo

Esta pesquisa trata da análise dimensional da representação facial esculpida em um grupo específico de escultura sacra vastamente estudada por especialistas a partir de seus aspectos histórico, estético, estilístico, formal, iconográfico,iconológico, dentre outros. Partindo dessas informações e dos principais estilemas presentes nas obras do mestre escultor Antônio Francisco Lisboa, a proposta dessa pesquisa é analisar as principais formas anatômicas faciais e a possível presença de razões, padrões e proporções nas partes, entre as mesmas e com relação ao conjunto. Portanto o enfoque principal da leitura, da análise dimensional e da análise comparativa das formas tem como objetivo principal identificar, quantificar e avaliar a presença de possíveis relações métricas proporcionais, inerentes às formas esculpidas a partir dos resultados comparativos presentes no estudo de caso. As esculturas analisadas compreendem obras autorais e também atribuídas ao escultor, pertencentes as suas três principais fases de produção, além de sua linguagem escultórica registrada a partir dos estilemas faciais, vastamente estudados, analisados e aplicados por pesquisadores na identificação de sua produção. A metodologia de pesquisa reúne o levantamento bibliográfico para a construção do referencial teórico, planejamento e organização para a coleta de dados qualitativos e quantitativos, além do tratamento inicial dos dados, considerando a presença de relações de similaridades proporcionais nas faces comparadas.

Biografia do Autor

Lucienne Maria de Almeida Elias

Doutora em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais, Mestre em Artes Visuais,

Especialista em Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis - CECOR / UFMG,

Professora do Departamento de Artes Plásticas da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. 

Publicado
2021-01-11
Seção
AUTORIAS E ATRIBUIÇÕES