A DEVOÇÃO OFICIAL

O programa iconográfico das igrejas matrizes da antiga Capitania Real do Rio de Janeiro (1565-1821)

  • Rafael Azevedo Fontenelle Gomes
Palavras-chave: Escultura, Iconografia, Arte sacra, Rio de Janeiro, Inventário

Resumo

Este estudo estabelece um panorama sobre o programa iconográfico das igrejas matrizes na antiga Capitania Real do Rio de Janeiro (1565-1821), que corresponde, em linhas gerais, ao território do atual Estado homônimo. Durante este período, foram criadas 57 paróquias na região, concentradas mormente na faixa litorânea. O estabelecimento das mesmas visava organizar a vida dos distritos nas capitanias brasileiras, dando suporte aos fregueses tanto nas suas
necessidades espirituais quanto nas demandas civis, como, por exemplo: registros, recolhimento de tributos, enterramentos etc. Para o devido cumprimento de suas funções, estas instituições empregaram um repertório iconográfico específico, tacitamente associado aos ofícios realizados nas mesmas.

Biografia do Autor

Rafael Azevedo Fontenelle Gomes

Museólogo do Iphan (licenciado) e Doutorando em Arte Visuais – PPGAV/EBA/UFRJ

Publicado
2021-01-09
Seção
ICONOGRAFIA