IDENTIFICAÇÃO DAS ALEGORIAS DAS VIRTUDES CARDEAIS DA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO PILAR DE OURO PRETO ATRAVÉS DE SEUS ATRIBUTOS ICONOGRÁFICOS

  • Leticia Carvalho Diniz
Palavras-chave: NOSSA SENHORA DO PILAR, OURO PRETO, ATRIBUTOS ICONOGRÁFICOS

Resumo

Na Matriz de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto, encontram-se, nas cimalhas da capela-mor, oito alegorias atribuídas ao artista, arquiteto e escultor português Francisco Xavier de Brito: três representariam as Virtudes Teologais (Fé, Esperança e Caridade) e quatro as Cardinais (Prudência, Justiça, Fortaleza e Temperança), e uma a alegoria da Fama. Em amplo levantamento, notadamente nas obras de Cesare Ripa e Êmile Mâle, foram encontradas representações iconográficas das Virtudes que se estabeleceram fortemente na História da Arte; a partir daí, verificaram-se divergências entre estas e as identificadas como Prudência e Temperança em Ouro Preto. Na configuração atual, a Prudência estaria duplamente representada e haveria uma omissão da Temperança.

Biografia do Autor

Leticia Carvalho Diniz

Bacharel em Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Especialista em História da Arte Sacra

Faculdade Arquidiocesana de Mariana (FAM)

Publicado
2020-08-03
Edição
Seção
PÔSTERES