Fé e arte em relíquias e relicários

  • Francisco de Assis Portugal
Palavras-chave: Cristianismo, Devoção, Santo, Relíquia, Relicário

Resumo

O objetivo deste estudo é entender as relíquias, como referências vinculadas à fé, ao culto e à santidade e sua influência na implantação e consolidação no processo de formação moral nos primórdios da colonização brasileira. Quanto aos relicários, são estudados como objetos especiais que refletem a importância das relíquias e constituem-se como objetos de caráter artístico, de valores estéticos próprios. Trata-se de pesquisa analítico-sintética, exploratória, descritiva e explicativa desenvolvida com o recurso das pesquisas bibliográfica e documental. Os resultados mostraram que a Igreja Católica utilizou as relíquias pertencentes a santos e santas como exemplos grandiosos em defesa e promoção da fé cristã, estabelecendo, desse modo, vínculos entre os universos material e espiritual. Concluiu-se que o conjunto de relíquias e seus relicários exerceram grande influência na implantação e consolidação de uma moralidade cristã dos costumes em terras brasileiras, em particular, em Salvador, Bahia, em fins do século XVI.

Biografia do Autor

Francisco de Assis Portugal

Arquiteto.
Doutor em Artes Visuais.
Diretor do Museu de Arte Sacra da Universidade Federal da Bahia.

Publicado
2020-06-17
Edição
Seção
CONFERÊNCIAS