Por que repintar, por que remover?

Estudo de caso de Nossa Senhora da Conceição

  • Aline Ramos
  • Sarah Almeida
  • Maria Regina Emery Quites
  • Luciana Bonadio
Palavras-chave: Remoção de repinturas, critérios de conservação-restauração, escultura em madeira policromada

Resumo

Pretende-se discutir critérios de conservação-restauração, a partir da escultura em madeira policromada de Nossa Senhora da Conceição, pertencente à Igreja Matriz de Santo Antônio, do Distrito de Santo Antônio do Norte, Município de Conceição do Mato Dentro no Estado de Minas Gerais. Em tratamento no Curso de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis da Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, os exames realizados evidenciaram repinturas e repolicromias, concomitantemente a mais de 70% do original preservado.

Biografia do Autor

Aline Ramos

Graduanda do Curso de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis.

Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Sarah Almeida

Graduanda do Curso de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis.

Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Maria Regina Emery Quites

Docente do Curso de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis.

Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Luciana Bonadio

Docente do Curso de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis.

Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Publicado
2015-01-01
Edição
Seção
APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES