Sobre mapas e segredos abertos

André Mesquita

Resumo


Ao contracartografias, realizadas nos últimos dez anos de forma colaborativa através do conhecimento pesquisado, produzido e compartilhado em oficinas com comunidades por grupos como AREA Chicago (Estados Unidos), Counter-Cartographies Collective (Estados Unidos, Espanha e outros países), e Iconoclasistas (Buenos Aires), que são objeto deste artigo, somam os resultados dos encontros e das decisões de muitos participantes, seguindo o princípio de que mapas produzem, e mesmo precedem, o território. São mapas são abertos e nunca estão totalmente “finalizados”. São distribuídos livremente de mão em mão ou na internet, e passam por reinterpretações e atualizações de outros indivíduos e movimentos que buscam resistir aos modos convencionais de ver a realidade, “indo sempre contra aquilo que está estabelecido, como uma expressão do dissenso e da crítica.”


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Escola de Belas Artes - UFMG UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais
PÓS:Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG
ISSN: 1982-9507 | ISSN ELETRÔNICO: 2238-2046
Escola de Belas Artes
Av. Antonio Carlos, 6627. Pampulha
CEP 31270-901
Belo Horizonte, MG