limiar do gesto


…um ano e meio de pandemia
um ano e meio de distanciamento dos amigos, colegas e professores
um ano e meio de atividades exclusivamente virtuais
um ano e meio de uma travessia longe do campus, sem pistas ou manual, no limiar de uma existência confusa, quase que sobrevivente a estes tempos, a apropriação de elementos, a reinvenção da expressão e a ocupação de novos espaços, frestas e lacunas indicam a construção de pontes entre as técnicas tradicionais e os novos tempos.

corpos, gestos, palavras, veladuras e transparências permeiam as obras aqui expostas, transbordando-as de camadas simbólicas ou materiais e evidenciando que a arte, tal qual a água, sempre encontra um caminho entre as barreiras e dificuldades, fazendo do acidente matéria ou meio para a sua própria existência.

* Esta exposição pode conter material inapropriado para menores de 14 anos.
** O número de expositores não necessariamente corresponde ao número de formandos do semestre. A participação na exposição de formatura é facultativa.

error: Olá ! Favor entrar em contato com a/e/o artista responsável pelo trabalho para solicitar o arquivo desejado.
Skip to content