Edital do Programa de Monitoria de Graduação – Animação

A Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do Departamento de Fotografia e Cinema, Patrícia Gomes de Azevedo , faz saber que, no período de 04/05/2022 a 12/05/2022 , de 18:00:00
às 23:59:59 horas, o(a) Secretaria do Departamento de Fotografia e Cinema (através do email dftc@eba.ufmg.br) receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa
para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas semanais.

Edital PMG 006/2022 – Animação

Centro Cultural UFMG realiza conversa com os artistas da exposição coletiva “dias fora de tudo”

Texto: Assessoria do Centro Cultural UFMG

O Centro Cultural UFMG convida para a mesa aberta de diálogo dentro de tudo, nesta sexta-feira, dia 6 de maio, das 9h às 11h. Os artistas da exposição coletiva dias fora de tudo se reúnem para falar sobre desenho, processualidades e ações, possibilitando que o público contribua na construção do diálogo. A entrada é gratuita.

A exposição está em cartaz desde o dia 1º de abril e fica aberta à visitação até o próximo domingo, 8 de maio. A mostra propõe ressaltar a potência do desenho ao apresentar o fluxo ambivalente de ausência/presença. Ela é composta por nove artistas/professores do Grupo Nedec, que estão em ação direta sobre as paredes da Grande Galeria do Centro Cultural UFMG construindo a exposição de modo aberto e processual ao longo do tempo/espaço de montagem, abertura e encerramento.

dias fora de tudo reúne produções de Andréa Vilela (UFMG), Camila Moreira (UFMG), Glayson Arcanjo (UFG), Isaura Pena (UEMG), Júnia Penna (UEMG), Letícia Grandinetti (UEMG), Marcelino Peixoto (UEMG), Roberto Bethônico (UFMG) e Rodrigo Borges (UFMG).

Nedec

O Nedec é um grupo de pesquisa formado por artistas/professores da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, Escola Guignard da Universidade do Estado de Minas Gerais e Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás. Criado em 2019, o grupo tem como premissa a produção, difusão, reflexão e ensino do desenho na contemporaneidade. Na construção dos caminhos conceituais e metodológicos para o desenvolvimento e fundamentação de suas pesquisas, o grupo promove mensalmente reuniões de estudo, discussões e debates internos, bem como realiza eventos abertos ao público como exposições, encontros, seminários e ações diversas.

dentro de tudo – conversa com os artistas
Data: 6 de maio de 2022 | das 09h às 11h
Local: Pátio do Centro Cultural UFMG
Classificação: livre
Entrada gratuita

Professor e ex-alunos da Escola de Belas Artes da UFMG apresentam o espetáculo Death Lay – “Na vida tem jeito pra tudo”

Death Lay – na vida tem jeito pra tudo

Um mastro para pole dance, um leito, duas mulheres. Enquanto uma busca por um death lay perfeito – movimento de nível avançado do pole dance –, a outra é uma presença ausente. Duas mulheres em suspensão entre a consciência e a inconsciência, entre a realidade e a ficção. A vida e a morte. Mãe e filha unidas e separadas pelo estado vegetativo de uma delas e que através de sonhos e delírios voltam a se comunicar. Em cena, a atriz Anna Campos reflete, a partir de relato autobiográfico, sobre o direito de viver e de morrer com dignidade no Brasil.

Com direção do dramaturgo, diretor e professor titular do Departamento de Artes Cênicas da EBA-UFMG, Antonio Hildebrando, o espetáculo é ancorado em princípios do Teatro Documentário Autobiográfico, com a presença cênica de “documentos-memórias” – áudios, fotos, vídeos e objetos pessoais – além de recursos metateatrais que fundem tempos e espaços em uma mesma sala de ensaio.

“Tudo foi feito com muito cuidado. A questão é complexa e envolve pontos que a sociedade brasileira parece não querer discutir. Além disso, é muito delicada a situação da Anna de querer muito abordar as questões em um espetáculo solo, mas para isso ter que se confrontar e compartilhar com a equipe, e posteriormente com o público, lembranças e dores muito profundas”, explica o diretor Antonio Hildebrando.

De 21 a 24 de abril, quinta a domingo, às 20h ( tradução de libras com bate papo no sábado 23.04)

Classificação indicativa: 16 anos.

Gênero: drama.

Espaço Teatro II do Centro Cultural Banco do Brasil – BH.

Os ingressos custam R$30 e R$15 (meia).

Vendas na bilheteria do teatro ou online pelo site www.bb.com.br/cultura.

Ficha Técnica
DEATH LAY
“Na vida tem jeito pra tudo”
Atuação e Concepção: Anna Campos
Dramaturgia e Direção: Antonio Hildebrando
Assistência de Direção: Isabela Arvelos
Confecção de Boneca e Figurinos: Eduardo Felix
Trilha Sonora: Luís Rocha
Música Lágrimas de Rio: Isabela Arvelos
Música do Cabaré Vagabundo e do projeto Artes Cênicas mês a mês: Tatá Santana
Desenho de Luz: Enedson Gomes
Cenotécnica: Ivanil Fernandes
Preparação Vocal: Isabela Arvelos
Vídeo-arte e Designer gráfico: Fabiano Lana
Manipulação: Isabela Arvelos
Consultoria de Manipulação: Liz Schrickte
Assessoria de Imprensa: Rizoma Comunicação e Arte
Comunicação: Uma Assessorias
Coordenação de Produção: Enedson Gomes
Produção Executiva: Enedson Gomes e Isabela Arvelos
Produção: OLÁ
Realização: Grupo Oriundo de Teatro

Edital do Programa de Monitoria da Graduação – Conservação-Restauração

A Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do Departamento de Artes Plásticas, Carolina Ruoso, faz saber que, no período de 07/04/2022 a 14/04/2022, de 15:30:00 às 15:30:00 horas, virtualmente através do email lucienneelias@ufmg.br, receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas semanais.

Disciplinas/Atividades:
APL 089 – Prática de Restauração em Escultura
APL 079 – Reintegração de Lacunas em Escultura
APL 072 – Tratamento Pictórico em Escultura
APL 100 / turma A e B – Tópicos em Conservação-Restauração – Intervenção em escultura

Edital PMG 011/2022 – Conservação-Restauração

Artista mineira Daniela Moser inaugura exposição no Centro Cultural UFMG

Texto: Comunicação do Centro Cultural UFMG

O Centro Cultural UFMG convida para a abertura da exposição “Geometrias Emotivas”, da artista Daniela Moser, na quinta-feira, dia 14 de abril de 2022, às 19 horas. A mostra reúne obras que misturam técnicas de pintura, desenho, fotografia e colagem e poderá ser vista até o dia 24 de maio de 2022. A entrada é gratuita.

Multiplicidade, espontaneidade e fluidez. Essas são algumas palavras que podem ser associadas ao trabalho da artista mineira Daniela Moser. Misturando técnicas de pintura, desenho, fotografia e colagem, as obras trazem composições pensadas através da modulação de cor, uma das principais assinaturas de seu trabalho.

Ao olharmos para a obra de Daniela Moser, podemos perceber como a colagem possibilita uma poética do imaginário, especificamente sobre o corpo e a cidade, que se materializam em mosaicos de composições geométricas. Essa poética é repleta de paradoxos entre a tradução do mundo interno e externo, macro e micro composições, limites e espaços públicos e o íntimo ocupado pelo corpo.

Nessa perspectiva, as colagens de Moser apontam, em sua multiplicidade, pequenos mundos de diferentes indivíduos que se manifestam e se constroem em interações sutis, surgindo novas variedades, fazendo com que essas cidades coladas sejam constituídas a partir da mistura do entrelaçamento de indivíduos e grupos – semelhantes em suas distinções. Essa é a preciosidade da obra.

Sobre a artista

Daniela Moser vive e trabalha em Contagem (MG). É Bacharel em Desenho pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006). Pesquisa desde 2018, por meio da colagem, relações entre o corpo e a cidade. Participou entre 2018 e 2019 do Acompanhamento Artístico Individual e Residência Artística no Ateliê ESPAI, sob a orientação de Marcelo Drummond. Integrou a exposição coletiva ‘Um erro inesperado aconteceu’, na Periscópio Galeria, com a curadoria de Nydia Negromonte e Marcelo Drummond (2019) e as exposições individuais ‘Ocupa_Espai’, BH/MG (2018) e ‘Transversais’, na Galeria BDMG, BH/MG (2005).

Exposição  “Geometrias Emotivas” – Daniela Moser
Abertura: 14 de abril de 2022 | às 19 horas
Visitação: até o dia 24/05/2022
Terças a sextas: 09h às 20h
Sábados, domingos e feriados: 09h às 17h
Sala Celso Renato de Lima
Classificação: livre
Entrada gratuita