OFÍCIO Nº 70/2022/EBA-DIR-UFMG Renovação da distribuição de escaninhos para uso dos estudantes da Escola de Belas Artes

Informamos que procederemos à renovação da distribuição dos escaninhos destinados ao uso dos e das estudantes da Escola de Belas Artes. Os escaninhos estão localizados em todos os espaços da instituição: Prédio Sede e Anexos Cecor, Teatro, Moda, Dança e Gravura. A distribuição ocorrerá por meio de sorteio aos(ás) estudantes interessados(as), assegurando-se, dessa forma, iguais condições oportunidades de acesso e uso de bens patrimoniais da EBA.

O período de utilização do escaninho será correspondente ao semestre letivo. Assim, para este 2º semestre de 2022, os escaninhos estarão disponíveis aos estudantes até a data de 23 de dezembro de 2022. Após o encerramento das aulas, o escaninho deverá ser esvaziado e devolvido à instituição nas mesmas condições em que foi recebido pelos e pelas discentes. A cada semestre letivo, realizaremos um novo sorteio aos estudantes para a ocupação dos escaninhos da EBA.

A inscrição dos estudantes interessados em obter acesso a escaninho da EBA deverá ser feita presencialmente na Slop, no período de 19 a 29 de setembro de 2022, através do preenchimento de formulário próprio, até antes do início do sorteio.

Para que seja realizado o sorteio, é necessário que todos os escaninhos estejam desocupados até a data limite de 29 de setembro de 2022, havendo a retirada total dos objetos e materiais ali guardados. Após esse prazo, caso ainda houver escaninho que não tenha sido esvaziado, os objetos e ou materiais remanescentes serão retirados e destinados à comunidade estudantil para reciclagem.

O sorteio dos escaninhos aos estudantes será realizado no dia 29 de setembro de 2022,  às 14 horas, no pátio central da EBA, na presença de apoiadores do Diretório Acadêmico da EBA e da comunidade escolar.

Por fim, os estudantes sorteados deverão assinar na Slop um Termo de Permissão de Uso de Escaninho da EBA, registrando e responsabilizando-se pelo uso cotidiano e cuidados com a conservação e guarda de materiais e ou objetos nos escaninhos da Escola de Belas Artes.

Estudantes que utilizem escaninhos que possuam chaves devem devolver as mesmas para Slop após o esvaziamento.

Laboratório de Curadoria de Exposições Bisi Silva convida para participar dos estudos curatoriais:

texto divulgação

O Laboratório de Curadoria de Exposições Bisi Silva convida artistas, profissionais e estudantes interessados pelos mundos da arte para participarem da ação de extensão com foco nos estudos curatoriais, a partir do tema: “Sonhos Cor de Crioula”. O tema será estudado a partir da música “Sonhos Cor de Crioula” do compositor Mateus Aleluia articulado com o pensamento sobre laetitia africana da filósofa Nadia Yala Kisikudi. Serão realizados círculos de cultura partindo dos princípios da copesquisa e da cocriação articulando pesquisa em artes com pesquisa curatorial, mobilizando o encontro de artistas com membros da rede de cooperadores dos mundos da arte.

Edital PFPC 215/2022 – Programa de Formação Profissional Complementar – Seleção de candidatos a estágio não obrigatório

A Fundação Universitária Mendes Pimentel – Fump torna público que, no período de 12 a 19 de setembro de 2022, estarão abertas as inscrições para seleção de candidatos(as) para 1 (uma) vaga de estágio não obrigatório (20 horas semanais), para atuação no Programa de Formação Profissional Complementar (PFPC) do Setor de Tecnologia da Informação da Escola de Belas Artes.

1. LOCAL E HORÁRIO DAS ATIVIDADES:

  • As atividades serão desenvolvidas no prédio do curso de Desgin de Moda, laboratório de informática, das 13 às 17 horas.

2. DAS ATRIBUIÇÕES, PERFIL E REQUISITOS DA VAGA:

São requisitos para a realização do estágio:

  • Ser estudante do curso de Graduação presencial em Ciência da Computação, Matemática Computacional ou Sistemas de Informação e Engenharia de sistema;
  • Ser classificado(a) socioeconomicamente pela Fump em um dos níveis I, II e III;
  • Estar matriculado(a) e frequente, atestado pelo Colegiado do curso a qual o(a) estudante está vinculado(a).

São atribuições do(a) estagiário(a):

  • Auxiliar nas configurações de computadores com sistema operacional Windows 10 ou LINUX (UBUNTU STUDIO ou similares) incluindo os comandos de atualização (aptitude, apt-get), instalação e atualização de softwares utilizados em laboratórios de Design de Moda (krita, audaces, inDesing, gimp, inkscape e similares). Obs.: O domínio desses softwares para a produção de designs/fontes/artes digitais/aplicação de filtros e afins é dos docentes / alunos(as) cabendo ao(a) bolsista auxiliar na instalação e atualização dessas ferramentas;
  • Atendimento ao usuário (helpdesk), configurar microcomputadores detectando possíveis problemas ocorridos com itens de informática como: impressora, monitor, microcomputador e rede;
  • Elaboração supervisionada de diagnósticos situacionais, planilhas, ofícios, relatórios, laudos e afins utilizando;
  • Participação em reuniões relacionadas ao setor.

Perfil desejado:

  • Pontual, assíduo(a), gostar de trabalhar com as TI’s citadas nas atribuições, ter iniciativa, saber trabalhar em equipe e ter interesse na área.

 

3. DA CARGA HORÁRIA DO ESTÁGIO:

  • A carga horária do estágio será de quatro horas diárias, totalizando vinte horas semanais, a serem cumpridas integralmente de forma presencial.

 

4. DO VALOR DA BOLSA E DO PERÍODO DE ESTÁGIO:

  • Ao(À) EDUCANDO(A) será concedida, mensalmente, uma bolsa, no valor de R$ 550,00 (quinhentos e cinquenta reais);
  • Será considerada, para efeito de cálculo do pagamento da bolsa, a frequência mensal do/a EDUCANDO(A), deduzindo-se os dias faltantes não justificados, salvo na hipótese de compensação de horário;
  • O(A) EDUCANDO(A) receberá auxílio-transporte em pecúnia por dia efetivamente estagiado no valor correspondente a R$ 8,40 (oito reais e quarenta centavos);
  • O período do estágio será de 6 meses, contados a partir do início das atividades, podendo ser prorrogado por até dois anos, ou suspenso a qualquer momento, seja por decisão unilateral da UFMG ou do(a) EDUCANDO(A), seja por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito ou indenização ou reclamação de qualquer natureza.

5. DA INSCRIÇÃO

5.1. Para se inscrever, o(a) interessado(a) deverá enviar um e-mail para estagio@fump.ufmg.br, com o assunto: Estágio PFPC e o número do edital que deseja se inscrever, anexando os seguintes documentos:

a) Currículo Vitae;

b) Justificativa pelo interesse na vaga.

5.2. O(A) Candidato(a) receberá um protocolo informando seu número de inscrição.

2.3. Fica facultado ao(a) candidato(a) se declarar como negro(a) ou deficiente no momento da inscrição.

6. DA SELEÇÃO

6.1. A seleção será realizada nos dias 21 e 22 de setembro de 2022, em horário previamente agendado e informado por e-mail, em duas etapas:

  • 1ª Etapa (Nota de 0 a 100) – Análise de currículo;
  • 2ª Etapa (Nota de 0 a 100) – Entrevista presencial.

6.2. A nota final será dada pela média aritmética das notas das duas etapas.

6.3. Na hipótese de ocorrer empate de notas finais, como critério de desempate terá preferência, sucessivamente o(a) candidato(a) que:

 a) Tiver melhor Rendimento Semestral (RS);

 b) Tiver maior idade.

6.4. O resultado final será enviado por e-mail para todos(as) os(as) candidatos(as) e também estará disponível na homepage da FUMP www.fump.ufmg.br, no dia 26 de setembro de 2022, a partir das 16h.

7. DISPOSIÇÕES GERAIS

7.1. Casos omissos ou não previstos no presente edital serão julgados pela comissão encarregada do presente processo seletivo.

7.2. A qualquer tempo este Edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, seja por decisão unilateral da EBA/TI, seja por motivo de interesse público ou exigência legal, sem que isso implique direito ou indenização ou reclamação de qualquer natureza.

7.3. Os(As) candidatos(as) podem interpor recurso em qualquer etapa do processo seletivo. O prazo para o recurso é de dois dias e deverá ser enviado ao endereço estágio@fump.ufmg.br e a resposta do recurso será publicada no dia 29 de setembro de 2022, a partir das 16h, na homepage da FUMP www.fump.ufmg.br.

7.4. O(A) estudante bolsista não poderá acumular a atividade do PFPC com outras bolsas acadêmicas semelhantes.

Em caso de dúvidas referentes a este Edital, favor enviar um e-mail para estagio@fump.ufmg.br.

Belo Horizonte, 12 de setembro de 2022

Fundação Universitária Mendes Pimentel

Edital PMG 013/2022 – Dança e Necessidades Especiais

A Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do Departamento de Artes Cênicas , Marina Marcondes Machado , faz saber que, no período de 20/09/2022 a 28/09/2022 , de 08:00:00 às
24:00:00 horas, o email darc@eba.ufmg.br receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas
semanais.

Edital PMG 013/2022 – Dança e Necessidades Especiais

Edital PMG 009/2022 – Estudo de Casos: Processing/Tópicos em Artes Digitais: Processing 2/Jogos 1

A Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do Departamento de Fotografia e Cinema, Professora Patrícia Gomes de Azevedo , faz saber que, no período de 07/09/2022 a 14/09/2022 , de 13:00:00 às 23:59:00 horas, a Secretaria do Departamento de Fotografia e Cinema receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas semanais.

Edital 009/2022 – Estudo de Casos: Processing/Tópicos em Artes Digitais: Processing 2/Jogos 1

TRAMAS DA MÉMORIA

Texto: Divulgação

A exposição Tramas da Memória que abre dia 10 de Setembro de 2022 no Museu de Artes e Ofícios com apoio do SESI/FIEMG é uma idealização dos artistas Rodrigo Mogiz e Lívia Limp e que assinam a curadoria. Eles estarão expondo juntamente com outros 24 artistas contemporâneos e 3 projetos sociais que atuam em oficinas e orientação de artesãs que trabalham com o têxtil. São ao todo 29 expositores e mais de 100 obras que se relacionam com práticas manuais têxteis direta ou indiretamente, explorando outras mídias como pintura, desenho, escultura, colagem, performance, cerâmica e instalação.

Tramas da Memória se propõe a mostrar um recorte de como as artes têxteis têm ganhado força dentro do cenário artístico brasileiro e internacional. Nos últimos anos tem aparecido em outras curadorias e mostras importantes como Bienais e Feiras de Arte Contemporânea. Mesmo sendo uma atividade tradicional em muitas culturas do mundo, o têxtil encontra força e abordagens próprias no estado de Minas Gerais, estando presente na memória afetiva de todos que têm mães e avós costureiras, bordadeiras ou tecelãs.  Por tal razão, a exposição é composta por artistas e artesãs mineiras ou que aqui escolheram trabalhar e viver. A partir de um olhar sobre o artesanal, as obras que estarão expostas tendem a nos provocar sobre os limites entre arte, artesanato e design, por meio de um grupo diverso em faixa etária, formação, trajetória, gênero, sexualidade, crenças, e que trazem suas vivências, angústias e desejos para suas poéticas visuais.

Não à toa, portanto, que essa exposição encontrou espaço no Museu de Artes e Ofícios propondo-se a dialogar com a memória de um acervo que fala dessa mineiridade por meio do trabalho. Um museu também de Artes, pois assim os ofícios eram considerados, mas que também pode e devem ser das Artes apreciativas e engajadas em causas diversas da contemporaneidade. A exposição passa por três eixos curatoriais: TRABALHO, CORPO e TESSITURAS, promovendo realmente uma trama de múltiplas conexões que tem seu início nas memórias reais e ficcionais de cada artista com o têxtil, passando por como cada um transforma materialidades diversas e trazendo provocações poéticas e políticas de como se relacionam com o mundo ao redor.

A exposição que vai até 5 de Novembro tem em sua programação visitas mediadas com os curadores e artistas, rodas de conversa, mini oficinas e ações coletivas com bordado, feirinha de produtos artesanais e performance, durante o período expositivo.

 

Curadoria: Rodrigo Mogiz e Lívia Limp

 

Rodrigo Mogiz – Artista Visual, graduado pela Escola de Belas Artes da UFMG. Atua como artista desde o ano 2000 e desde 2003 se dedica ao bordado como linguagem em seus trabalhos, tratando-o enquanto desenho e pintura, buscando discussões em torno de relações afetivas a partir da sua homoafetividade e da tradição do bordado, enquanto memória e estabelecendo conexões entre o artesanato e o design. Realizou cerca de 10 exposições individuais e participou de 52 coletivas em Belo Horizonte, onde vive e trabalha, e em várias outras localidades do país e exterior. Suas mais recentes exposições foram a coletiva “Cuir” pela galeria chilena Isabel Croxatto e a individual “Aqueles (In)visíveis” pela Casa Fiat de Cultura em BH, ambas em 2021. Em 2017 fez residencia artística em Paris/FR resultando a exposição “Le crime farpait” na galeria Alma Espace D’art.  Mogiz ainda trabalha como professor em oficinas  de arte e design no projeto social Instituto Fred e na Escola Livre de Artes/Arena da Cultura pela Prefeitura de Belo Horizonte.

 

Lívia Limp – Graduou-se em artes visuais pela Escola Guignard/UEMG (2015) e cursou Estilismo e Modelagem do Vestiário pelo CENEX/EBA/UFMG (2004).  Desenvolve sua pesquisa artística tendo a escrita e o corpo como principais eixos temáticos. Realizou três individuais em Belo Horizonte (MG): ESCrita/escape, Centro Cultural da UFMG (2019); DO CORPO, O OSSO: ANOTAÇÕES PARA UM FUTURO DIÁRIO, SESI Minas (2019); Xilócopa #2 na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa (2015) e MODA É PURA SUPERFÍCIE no Museu da Moda (2016). Participou das exposições coletivas Mulheres artistas: Feminino plural. Fórum Lafayete, Belo Horizonte (2020); MEU CORPO MINHA OBRA: ORÁCULOS, Mama/Cadela, Belo Horizonte (2019); ABDZR Mama / Cadela, Belo Horizonte (2018); Bienal das Artes Sesc DF Brasília (2016); Bienal Universitária de Arte UFMG/UEMG (2012), com obras expostas no Espaço 104 e no SESC Palladium; Ocupação Gráfica Parede 2010 no Estúdio Dezenove, Rio de Janeiro (2010). Participou e recebeu Menção Honrosa no 2º Concurso Internacional de Libro de Artista, Guadalajara, México (2014) e na The 4th NBC Meshtec Tokyo International Screen Print Biennial, Tóquio, Japão (2013).

 

 

Artistas da exposição:  Alexandre Tavera – Angelina Camelo – Caquimanga – Cícero Miranda – Daniela Schneider – Domingos Mazzilli – Eduardo Fernandes – Erica Lorentz – Eula Teixeira – Iago Gouvêa – Instituto Fred – Itamara Ribeiro – Jorge Fonseca – Juçara Costa – Julia Panadés – Leo Brizola – Letícia Arrighi – Lis Haddad – Lívia Limp – Luiz Henrique Vieira – Marta Neves – Mirele Brant – Noemi Assumpção –

Randolpho Lamonier – Renato Morcatti – Rodrigo Mogiz – Tolentino Ferraz

 

Projetos Sociais da exposição:

Flores do Morro

Instituto Fred

Instituto Renato Imbroisi

 

TRAMAS DA MÉMORIA

Museus de Artes e Ofícios

Praça Rui Barbosas, 600 – Centro – Belo Horizonte – MG

Abertura: 10 de Setembro / Sábado – de 10 às 15 horas

Visitação:  10 de Setembro a 5 de Novembro de 2022

Terça a sexta: 11 às 16 horas

Sábados e feriados: 9:00 às 17 horas