BORDAS DA IMAGEM – Projeto de extensão em fotografia está com inscrições abertas

Texto: Professor Eduardo Queiroga

Bordas da Imagem é um projeto de extensão da Escola de Belas Artes da UFMG dedicado aos processos criativos na fotografia. É aberto a estudantes, fotógrafas, fotógrafos, pesquisadores e público em geral, mesmo sem vínculo com a universidade. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site bordasdaimagem.wordpress.com. As vagas são limitadas. O foco do projeto são os processos criativos e questões de autoria na fotografia.

O projeto inicia com um grupo de estudo com encontros quinzenais em plataforma online. É preciso que interessados/as tenham acesso à internet para participar das reuniões, que acontecerão de forma remota para possibilitar uma maior diversidade de participantes. A cada encontro, serão abordadas obras fotográficas e teóricas de diversos autores, com o objetivo de debater aspectos relacionados ao processo criativo e estratégias autorais.

O início dos encontros está previsto para o dia 30 de agosto, acontecendo sempre nas terças à tarde (quinzenalmente). Além do grupo de estudo, o projeto prevê a produção de rodas de diálogo envolvendo artistas, fotógrafas e fotógrafos, a partir dos interesses e discussões fomentados pelos encontros quinzenais.

Estudantes matriculados na UFMG também terão a oportunidade de participar da organização do projeto, podendo computar tais atividades como carga horária de extensão. Para os interessados em fotografia (de um modo geral) e em processos criativos, será uma ótima oportunidade para debater sobre esses assuntos, ampliando o repertório de referências artísticas e teóricas, incluindo o contato direto com artistas e suas poéticas. O projeto é coordenado pelo professor Eduardo Queiroga, do Departamento de Fotografia e Cinema.

Bordas da Imagem – projeto de extensão em fotografia (UFMG)
Informações e inscrições: bordasdaimagem.wordpress.com
Vagas limitadas
Contato: queirogaeduardo@ufmg.br

Publicação de Cartas-Entrevista

A Rede de Pesquisa e Formação em Curadoria de Exposição está com inscrições abertas, até o dia 21 de março de 2022, para artistas que queiram participar da seleção para serem entrevistadas/es/os por estudantes do Curso de Formação em Curadoria de Exposição. A metodologia acontecerá por meio de cartas-entrevista e, a partir das respostas, o estudante redigirá duas cartas que serão divulgadas pela Rede.
Perfil das/es/os artistas
– Artistas de todos os gêneros, sexualidades, raças, etnias, classes, de todas as idades, iniciantes ou já estabelecidos;
– Que tenham um portfólio para compartilhar em PDF ou de modo virtual (site ou rede social);
– Que se comprometam em responder às perguntas, em até 10 dias corridos, após recebê-las.
Sobre a Rede de Pesquisa e Formação em Curadoria de Exposição
A Rede é formada por: Laboratório de Curadoria de Exposições Bisi Silva (EBA/UFMG), Laboratório de Arte/Educação, Curadorias e Histórias das Exposições (Unilab), Núcleo de Pesquisa MAMAM/Recife, Escola de Design da UEMG, Laboratório de Práticas Experimentais em Arte e Educação, Museal do MAUC/UFC, Laboratório de Sociepoexpografia (LABSE), ULHT e Cátedra da Unesco.
Comissão Científica e Organizadora
Carolina Ruoso, Janaína Barros, Joana D’arc de Sousa Lima, Luciara Ribeiro, Mabel Medeiros, Marcelina Almeida, Rita Lages Rodrigues, Saulo Moreno Rocha, Vania Brayner, Ana Luiza Neves e Moana Soto.
Monitoria do GT Pesquisa Curatorial e Crítica de Arte
Aline Ambrósio, Luiza Helena e Lucas Dilacerda.
Mais informações:
@rede_curadoria_de_exposicao
convocatoriacartaentrevista@gmail.com

52º Festival de Inverno UFMG divulga programação on-line e gratuita; inscrições estão abertas

Entre os dias 14 e 23 de setembro, a UFMG promove o seu 52º Festival de Inverno. Um dos mais importantes e tradicionais eventos culturais do país se reinventa em 2020 e será realizado de forma on-line, com atividades gratuitas e abertas ao público. O Festival terá palestras, rodas de conversa e apresentações artísticas com transmissão ao vivo pelo YouTube, além de exposições virtuais e o lançamento de publicações digitais com trabalhos inéditos de pensadores brasileiros. Toda a programação está disponível no endereço: http://www.ufmg.br/festivaldeinverno.

Sob o tema Mundos possíveis: culturas em pensamento, o Festival propõe uma discussão sobre o papel e o sentido da cultura em um contexto de crise e reclusão social. Assim, a UFMG convida pensadores, filósofos, ativistas, líderes quilombolas e indígenas para o debate, durante o Seminário Culturas em Pensamento. As rodas de conversa e palestras do seminário serão transmitidas ao vivo pelo youtube.com/culturaufmg, sem necessidade de inscrição prévia. Os interessados que quiserem receber certificado, porém, devem se inscrever gratuitamente, a partir de hoje, pelo link disponível no site do evento.

Parte das atividades do Festival de Inverno está integrada ao IV Fórum Nacional de Gestão Cultural das Instituições de Ensino Superior (Forcult), que acontece entre 21 e 23 de setembro. A abertura do Fórum contará com palestra do ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira, que discutirá O papel das universidades na construção de um sistema nacional de cultura. Dia 21, às 15h, pelo youtube.com/culturaufmg.

Atrações Culturais

O cardápio de atrações culturais do Festival de Inverno oferece ao público música, dança e performances.

A cantora Mônica Salmaso apresentará o projeto Ô de Minas, do dia 18 a 23 de setembro, em horários variados. Será uma série com seis vídeos de encontros musicais entre a cantora e os mineiros Rafael Martini, Alexandre Andrés, Davi Fonseca e Sérgio Santos. As apresentações seguem os moldes do projeto Ô de Casas, uma série de encontros musicais entre a cantora e grandes nomes da música brasileira, que a cantora vem disponibilizando desde o início da pandemia.

Também haverá apresentações do bailarino e coreógrafo Rui Moreira, no dia 16, às 21h30; e da dançarina destaque na cena contemporânea, Morena Nascimento, no dia 21, às 19h.

Nas artes cênicas, será transmitida uma apresentação teatral do ator mineiro Felipe Oládélè, no dia 17, às 21h30. Já no dia 20 de setembro, às 19h, a performer, bióloga e defensora da Amazônia, Uýra Sodoma, apresenta a performance Quintal, produzida para o Festival.

O encerramento do Festival será com a apresentação de uma performance visual, musical e de dança com Nélio Costa, Peppi Zen e Anna Maria Bosky, no dia 23 de setembro, às 18h45.

Seminário Culturas em Pensamento

O que a arte e a cultura têm a dizer sobre e para o mundo?

Nas palestras e rodas de conversa do Seminário Culturas em Pensamento, convidados especiais trocam experiências e reflexões que nos levam a sonhar outros mundos a partir do diálogo cultural. Entre os pensadores que irão discutir diferentes temas relacionados à cultura estão nomes como Kdu dos Anjos (16/9), Conceição Evaristo (17/9), Ailton Krenak (18/9), Cao Guimarães (19/9), entre outros pesquisadores, mestres da tradição, artistas e filósofos.

Entre os dias 14 e 20 de setembro, serão transmitidas, diariamente, uma palestra e uma roda de conversa, pelo canal youtube.com/culturaufmg. Os vídeos são públicos para todos que quiserem assistir, mas aqueles que fizerem a inscrição pelo site e assinarem a lista de presença disponibilizada durante a transmissão terão direito a certificado de participação. Os inscritos que participarem de 70% das atividades (dez palestras ou rodas de conversa) terão direito ao certificado do Seminário Culturas em Pensamento.

Ensaios Mundos Possíveis

Na série de Ensaios Mundos Possíveis, 18 pensadores da contemporaneidade refletem sobre a arte e a cultura sob o viés das novas realidades.

Esses pensadores produzirão textos inéditos, para o Festival, que serão distribuídos gratuitamente nas redes do evento. Posteriormente, os ensaios serão compilados no e-book Mundos Possíveis.

Os autores convidados são: Leda Martins, Cássio Eduardo Viana Hissa, Ailton Krenak, Pablo Gobira, Nilma Lino Gomes, José Jorge Carvalho, Ricardo Domeneck, Angélica Freitas, Eneida Maria de Souza, Ricardo Aleixo, Shirley Miranda, Paulo Pires do Vale (Portugal), Cao Guimarães, Kaká Werá Jecupé, Natacha Rena, Nêgo Bispo, Ana Gomes e Roger Deff. A organização do trabalho é de Fernando Mencarelli, diretor de Ação Cultural da UFMG, e Mônica Medeiros Ribeiro, diretora-adjunta de Ação Cultural da UFMG.

Revista Guaicurus – edição comemorativa de 30 anos do Centro Cultural UFMG

Inaugurado em 1989, o Centro Cultural UFMG celebrou em 2019 seus 30 anos, como um espaço que tem abrigado diferentes tendências artístico-culturais em Belo Horizonte. Para comemorar e relembrar a memória dessas três décadas, será lançada a publicação número 4 da Revista Guaicurus, cuja primeira edição é de 2014. O lançamento será no dia 20 de setembro, às 16h, com uma roda de conversa sobre os 30 anos e a edição da Revista do Centro.

Exposições

O público poderá acompanhar cinco exposições on-line associadas à programação do Festival de Inverno, além de uma mostra que projetará imagens e vídeos em prédios da cidade.

As mostras têm curadoria individuais e coletivas, com lançamento e programações ao longo do Festival.

14/9 | 21h45 – Lançamento da exposição Siwẽttêt: resistência – Na abertura do Festival ocorre o lançamento da exposição do fotógrafo e antropólogo indígena, Edgar Kanaykõ Xakriabá. A mostra reúne fotos que retratam diferentes percepções de mundo, sob a perspectiva do olhar de povos indígenas atuais. Pertencente ao povo indígena Xakriabá, Edgar é mestre em Antropologia pela UFMG e tem atuação livre na área de etnofotografia.

15/9 | 20h – Abertura da exposição de Criola – Representante da arte urbana brasileira com trabalhos na Europa e mergulhada em pautas sociais e políticas, suas pinturas e murais de grande formato tocam na ancestralidade e questionam os valores da sociedade contemporânea. Criola está desenvolvendo para o Festival de Inverno UFMG uma exposição inédita, que terá lançamento virtual no segundo dia do evento.

19/9 | 19h – Lançamento da mostra de Brígida Campbell – Professora da graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da UFMG, Brígida é outra artista que está organizando uma exposição fotográfica inédita para o Festival. Ela já participou de diversas exposições no Brasil e no exterior, incluindo trabalhos como colaboradora do Espaço Experimental de Arte, em Belo Horizonte, e como integrante do Poro, dupla com qual realizou mostras coletivas entre 2002-2016.

19/9 | 19h30 – Lançamento da mostra Universidade-Cidade – A mostra é uma proposta de diálogo, conexão, interlocução e compartilhamento entre cidadãs e cidadãos de Belo Horizonte, de modo a resgatar a urbanidade recentemente atravessada e desmaterializada pelo isolamento social. A mostra acontecerá de dezembro/2020 a fevereiro/2021, mas o público do Festival terá uma prévia, entre os dias 19 e 23 de setembro, por meio de fotos, imagens e vídeos de música e dança projetados em empenas da cidade e nas fachadas do Espaço do Conhecimento UFMG, Conservatório UFMG e Centro Cultural UFMG, além de vídeos no canal youtube.com/culturaufmg.

21/9 | 20h – Lançamento da Visita Virtual à Exposição Mundos Indígenas – Nessa exposição, o Espaço do Conhecimento UFMG apresenta ao público os modos de viver, de saber e de se cuidar dos povos Maxakali, Pataxoop, Xakriabá, Yanomami e Ye’kwana, trazendo conceitos que foram propostos por um conjunto de curadores e curadoras indígenas. Com o fechamento dos museus devido à pandemia de covid-19, as visitas à exposição foram suspensas. Diante disso, o Espaço preparou uma série de seis vídeos inéditos para propiciar ao público a experiência da visita virtual. Os vídeos ficarão disponíveis no youtube.com/culturaufmg.

Travessias – A exposição fotográfica Travessias, vinculada à programação do Festival, já está disponível para o acesso do público. A exposição busca enveredar pelos sentidos de travessias, a partir de perspectivas inspiradas pela frase de João Guimarães Rosa: “o real não está na saída nem na chegada; ele se dispõe para a gente é no meio da travessia”. As 50 fotos foram selecionadas por meio de uma chamada pública em 2019 e estão organizadas em dez séries com audiodescrição. O link para acesso é o www.travessias.art.br.

 

52º Festival de Inverno UFMG – Mundos possíveis: culturas em pensamento

14 a 23 de setembro de 2020

https://www.facebook.com/festivalufmg/

Transmissão: www.youtube.com/culturaufmg

Programação: http://ufmg.br/festivaldeinverno

Inscrições Seminário Culturas em Pensamento:

http://ufmg.br/festivaldeinverno

https://www.sympla.com.br/seminario-culturas-em-pensamento—52-festival-de-inverno-ufmg__942994