Centro Cultural UFMG seleciona propostas para exposição em suas galerias

Texto: Assessoria do Centro Cultural UFMG

O Centro Cultural UFMG recebe, até 6 de novembro, propostas de artes visuais para uso de seus espaços expositivos: Grande Galeria, Sala Celso Renato de Lima, Sala Ana Horta e Experimentação da Imagem. As atividades serão selecionadas segundo normas estabelecidas na Chamada pública 006/2022 e vão compor a programação do órgão entre março de 2023 a janeiro de 2024.

Os interessados devem enviar suas propostas pelo e-mail: projetos@centrocultural.ufmg.br. Não serão aceitas propostas enviadas por correio ou outro meio similar.

A ficha de inscrição, lista de documentos e demais referências podem ser acessadas no arquivo da Chamada.

Galerias

Os espaços expositivos Grande Galeria, Sala Celso Renato de Lima e Sala Ana Horta são destinados para propostas na área de artes visuais, como pintura, fotografia, objeto, escultura, desenho, gravura, cerâmica, tapeçaria, arte digital, vídeo arte, artes gráficas e demais modalidades.

Já o espaço expositivo Experimentação da Imagem é destinado especificamente para trabalhos experimentais nas áreas de fotografia, arte digital, arte gráfica e gravura.

As plantas e vídeos de todos eles estão disponíveis na Chamada e no site do Centro Cultural.

Elegíveis

As propostas poderão ser para exposição individual, coletiva (reunião de artistas com o fim de apresentar proposta para a Chamada pública), coletivo artístico (grupo consolidado e que já se apresenta neste formato) e curatorial (elaboração conceitual da exposição, corte curadorial, temática, quantas e quais obras a serem expostas).

De acordo com a Chamada, os principais critérios para a seleção serão a análise de documentos, qualidade técnica e viabilidade das propostas para os espaços.

A divulgação das propostas selecionadas será feita no site e mídias sociais do Centro Cultural UFMG, no dia 30 de novembro de 2022.

Datas

Inscrição: 19 de setembro a 6 de novembro de 2022

Seleção das propostas: 7 a 18 de novembro de 2022

Divulgação dos resultados: 30 de novembro de 2022

Arquivo da Chamada

Edital PMG 010/2022 – Montagem e Edição

A Chefe do Órgão Acadêmico Responsável do Departamento de Fotografia e Cinema, Professora Patrícia Gomes de Azevedo, faz saber que, no período de 16/09/2022 a 26/09/2022, de 18:00:00 às 23:59:00 horas, o(a) Secretaria do Departamento de Fotografia e Cinema receberá as inscrições de candidatos para o exame de seleção do Programa para atuar nas disciplinas/atividades com carga horária de 12 horas semanais.

Edital PMG 010/2022 – Montagem e Edição

OFÍCIO Nº 70/2022/EBA-DIR-UFMG Renovação da distribuição de escaninhos para uso dos estudantes da Escola de Belas Artes

Informamos que procederemos à renovação da distribuição dos escaninhos destinados ao uso dos e das estudantes da Escola de Belas Artes. Os escaninhos estão localizados em todos os espaços da instituição: Prédio Sede e Anexos Cecor, Teatro, Moda, Dança e Gravura. A distribuição ocorrerá por meio de sorteio aos(ás) estudantes interessados(as), assegurando-se, dessa forma, iguais condições oportunidades de acesso e uso de bens patrimoniais da EBA.

O período de utilização do escaninho será correspondente ao semestre letivo. Assim, para este 2º semestre de 2022, os escaninhos estarão disponíveis aos estudantes até a data de 23 de dezembro de 2022. Após o encerramento das aulas, o escaninho deverá ser esvaziado e devolvido à instituição nas mesmas condições em que foi recebido pelos e pelas discentes. A cada semestre letivo, realizaremos um novo sorteio aos estudantes para a ocupação dos escaninhos da EBA.

A inscrição dos estudantes interessados em obter acesso a escaninho da EBA deverá ser feita presencialmente na Slop, no período de 19 a 29 de setembro de 2022, através do preenchimento de formulário próprio, até antes do início do sorteio.

Para que seja realizado o sorteio, é necessário que todos os escaninhos estejam desocupados até a data limite de 29 de setembro de 2022, havendo a retirada total dos objetos e materiais ali guardados. Após esse prazo, caso ainda houver escaninho que não tenha sido esvaziado, os objetos e ou materiais remanescentes serão retirados e destinados à comunidade estudantil para reciclagem.

O sorteio dos escaninhos aos estudantes será realizado no dia 29 de setembro de 2022,  às 14 horas, no pátio central da EBA, na presença de apoiadores do Diretório Acadêmico da EBA e da comunidade escolar.

Por fim, os estudantes sorteados deverão assinar na Slop um Termo de Permissão de Uso de Escaninho da EBA, registrando e responsabilizando-se pelo uso cotidiano e cuidados com a conservação e guarda de materiais e ou objetos nos escaninhos da Escola de Belas Artes.

Estudantes que utilizem escaninhos que possuam chaves devem devolver as mesmas para Slop após o esvaziamento.

Laboratório de Curadoria de Exposições Bisi Silva convida para participar dos estudos curatoriais:

texto divulgação

O Laboratório de Curadoria de Exposições Bisi Silva convida artistas, profissionais e estudantes interessados pelos mundos da arte para participarem da ação de extensão com foco nos estudos curatoriais, a partir do tema: “Sonhos Cor de Crioula”. O tema será estudado a partir da música “Sonhos Cor de Crioula” do compositor Mateus Aleluia articulado com o pensamento sobre laetitia africana da filósofa Nadia Yala Kisikudi. Serão realizados círculos de cultura partindo dos princípios da copesquisa e da cocriação articulando pesquisa em artes com pesquisa curatorial, mobilizando o encontro de artistas com membros da rede de cooperadores dos mundos da arte.

A Belas 65 anos: uma bela história!

UMA PILULA DE MEMÓRIA: Em 5 de abril de 1957 a Congregação da Escola de Arquitetura da então Universidade de Minas Gerais (UMG), reunida por inciativa do professor e arquiteto Sylvio de Vasconcellos, decide criar o Curso de Belas Artes tendo como objetivo contribuir para a formação dos alunos da Arquitetura. Desse modo, o Regimento Interno da Escola de Arquitetura e as deliberações de sua Congregação prevaleceram como norma para suas atividades, contando com os professores arquitetos – Luciano Amédée Péret, Antônio Carlos Edmundo Fontenelle, Francisco Martins Carvalho, Rafaello Berti e Aluísio Ferreira da Silva Lins – também para a formação da comissão que organizou o curso com apoio do então Diretor da Escola de Arquitetura, Prof. Antônio Carlos R. Andrada Sobrinho e sendo designado como diretor do curso o professor arquiteto Martim Francisco Coelho de Andrada.
Compartilhamos, nesta primeira pílula de memória uma linha de tempo que nós ajudará a continuar construindo esse percurso ao longo do ano:

As Informações básicas foram feitas a partir do livro  “Escola de Belas Artes da UFMG, 65 Anos de Ensino-Aprendizagem em Artes” (no prelo), organizado pela pesquisadora Mariana Tavares junto com os professores aposentados Evandro José Lemos da Cunha e Lúcia Gouvêa Pimentel e de levantamentos realizados pela Secretária Geral da EBA, Maria de Lourdes Macedo, para  complementação das informações.

 

 

 

Edital nº 1086/2022/EBA-DIR-UFMG – Chamada Interna EBA 01/2022 Concessão de Auxílio Financeiro ao estudante para apoio à realização de projetos de discentes

O Diretor da Escola de Belas Artes da UFMG, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, torna público para conhecimento dos Colegiados dos Cursos de Graduação da EBA, dos estudantes regularmente matriculados na EBA e da comunidade da Escola de Belas Artes, as condições para a concessão de Auxílio Financeiro ao Estudante para apoio à realização de projetos acadêmicos, no 1º e semestre letivo de 2022.

EDITAL Nº 1086-2022-EBA-DIR-UFMG – Chamada_01/2022 -Auxilio Financeiro para Estudante

Ofício Circular Nº 9 de 2021 – PRORH-GAB-UFMG

Publica-se os documentos abaixo para conhecimento de toda Comunidade da Escola de Belas Artes.

O Ofício Circular nº 9 estabelece diretrizes adicionais para o retorno das atividades presenciais dos servidores da UFMG –Etapa 3 e normativas gerais em relação ao trabalho presencial, sem restrição quanto ao teto máximo de pessoas, a ser implementado a partir do dia 10 de janeiro de 2022.

Sugerimos a leitura do ofício junto da INSTRUÇÃO NORMATIVA SGP/SEDGG/ME Nº 90, de 28 de setembro de 2021 que apresenta orientações aos órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração Pública Federal – SIPEC para o retorno gradual e seguro ao trabalho presencial.

Ofício Circular Nº 9 de 2021 – PRORH-GAB-UFMG

INSTRUCAO_NORMATIVA_SGP_SEDGG_ME_N__90__DE_28_DE_SETEMBRO_DE_2021

Concurso de Professor Efetivo – Área de Animação – Programa para Prova Didática e Seminário

ÁREA DE CONHECIMENTO: Animação Digital 2D e 3D

 

VAGA: 1 (uma)

 

CLASSE DE MAGISTÉRIO e REGIME DE TRABALHO: Classe A , com denominação de Professor Adjunto A, nível 1 – Regime de Trabalho – Dedicação Exclusiva

NÍVEL DE ESCOLARIDADE: Doutorado em Comunicação ou Artes ou Artes Visuais ou Cinema e Audiovisual ou Design.

PERFIL DO CANDIDATO: Candidato(a) com amplo domínio da criação do movimento animado, considerando os princípios fundamentais da animação, e composição visual em ferramentas digitais 2D e 3D, com ênfase em software livre, atuação profissional e experiência docente comprovadas para atuar em ensino, pesquisa e extensão, bem como na administração da Universidade.

PROVAS: Apresentação de Seminário, na modalidade a distância; Prova Didática, na modalidade a distância; e Julgamento de Títulos.

OBS: O julgamento de Títulos inclui avaliação de Portfólio por mérito, que comprove domínio em animação e composição nas ferramentas descritas no “Perfil desejado do(a) candidato(a)” deste Quadro 1. Ver item 6.10.2 deste Edital para mais informações.

Escopo do Seminário: Apresentação oral de um recorte do(a) candidato(a) sobre um dos tópicos do Programa.

Programa para o Seminário:

1- Metodologias e fluxos de trabalho para a produção de animações nas técnicas 2D e 3D digitais;

2- Animação para jogos digitais e para o cinema: semelhanças e diferenças;

3- A forma animada e suas relações com diferentes manifestações artísticas;

4- Panorama do cinema de animação, de Émile Reynaud aos dias atuais.

EDITAL: 1223, de 04 de julho de 2022, publicado no Diário Oficial da União no dia 06 de julho de 2022, na Seção 3, páginas 81 a 87.

 

PERÍODO DAS INSCRIÇÕES: De 07/07 a 22/08/2022

HORÁRIO: 00h00 às 23h59 (horário de Brasília)

ENDEREÇO DO SISTEMA DE INSCRIÇÕES: https://eba.ufmg.br/inscricao-concurso/

PREVISÃO PARA O INÍCIO DO CONCURSO: De 30 (trinta) a 90 (noventa) dias, contados a partir da data de encerramento das inscrições.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:

  1. a) Termo de requerimento de inscrição devidamente preenchido e assinado
  2. b) Carteira de Identidade, ou prova de ser brasileiro nato ou naturalizado e, no caso de estrangeiro, documento de identificação.
  3. c) Comprovação de quitação com o Serviço Militar, quando for o caso.
  4. d) Comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral, pode ser obtida por meio do sítio eletrônico https://www.tse.jus.br/eleitor/certidoes/certidao-de-quitacao-eleitoral, dispensável no caso de candidatos estrangeiros;
  5. e) Comprovante do pagamento da taxa de inscrição ou Formulário de Requerimento de Isenção do Pagamento de Taxa de Inscrição de Concursos Públicos; A taxa de inscrição, no valor de R$ 215,99 (duzentos e quinze reais e noventa e nove centavos), deverá ser paga no Banco do Brasil S/A, por meio de Guia de Recolhimento da União – GRU, emitida através da página eletrônica: https://sistemas.ufmg.br/sisarc/emissaogru/gerir/geriremissaogru.seam?codigo=sAwJH7L2C
  6. f) Curriculum vitae;
  7. g) Termo de Consentimento para Tratamento de Dados Pessoais, para atendimento aos artigos 7º e 11 da Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais.
  8. h) documentos necessários para satisfazer os subitens 6.11, 6.11.2 e 12.6, alínea “e”, deste Edital, se for o caso;
  9. i) Documentos comprobatórios do Curriculum vitae e Portfólio, conforme os itens do edital a seguir:

6.10. Os documentos comprobatórios do curriculum vitae e o Portfólio deverão ser apresentados no ato da inscrição, no sistema de inscrição.

6.10.1. Os documentos comprobatórios, numerados e ordenados na mesma sequência apresentada no curriculum vitae, devem estar agrupados em um único arquivo PDF de até 20 MB.

6.10.2 O Portfólio será avaliado por mérito em relação ao domínio da criação do movimento animado e composição visual em ferramentas digitais 2D e 3D, considerando as especificações da vaga descritas no Quadro 1 deste Edital (“Perfil desejado do(a) candidato(a)” e “Tipos de prova”). Ele consiste de uma seleção de imagens estáticas para animação e de uma compilação em vídeo com trechos animados, dentre trabalhos profissionais, artísticos e acadêmicos selecionados pelo(a) candidato(a), com sua participação comprovada, contendo obrigatoriamente:

  1. a) um arquivo em formato PDF de até 20MB com seleção de imagens dispostas com esboços selecionados de figuras humanas e/ou animais em poses expressando movimento (desenhos para animação);
  2. b) um único vídeo, de até 100MB, editado com trechos de cenas e/ou estudos de imagens em movimento para animação nas técnicas descritas no perfil do(a) candidato(a), com duração máxima de 3 (três) minutos em resolução de até 1920 x 1080 no formato MP4;
  3. c) um arquivo em formato PDF, de até 2 MB, acompanhando o arquivo de vídeo, com a descrição organizada da(s) função (ou funções) exercidas pelo(a) candidato(a) na realização dos trabalhos de animação selecionados (direção, produção, animação, rigging, composição, roteiro etc), discriminando quais as técnicas empregadas, a natureza e o meio de divulgação de cada trabalho.

Documentação do Concurso:

EDITAL  nº 1223 de 04 de julho de 2022 – DOU_06.07.2022

DECRETO Nº 9.739, DE 28 DE MARÇO DE 2019 – Imprensa Nacional

Isenção do pagamento de taxa de inscrição de Concursos Públicos – Cargo do Magistério Federal

Termo de consentimento para tratamento de dados pessoais – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – LGPD

Termo de Requerimento de Inscrição – Concurso Público para cargo do Magistério Federal

Resolução Complementar nº 02/2013 – Realização de concursos públicos no âmbito da UFMG

RESOLUÇÃO-13-2010.-RECURSO-E-REVISÃO

Comissão Animação – Programa para Prova Didática e Seminário

Inscrições homologadas – Animação Digital 2D e 3D

Edital nº 1572/2022/EBA-SGE-UFMG – Convocação de Candidatos Inscritos

Portaria nº 7541, DE 16 de setembro de 2022 – Designação de Comissão Examinadora

Artistas sobrepõem suas produções em exposição coletiva no Centro Cultural UFMG

Texto: Assessoria do Centro Cultural UFMG

O Centro Cultural UFMG convida para a abertura da exposição coletiva como se fosse agora, das artistas Júlia Abdalla, Lara Mortimer e Victória Sofia, nesta sexta-feira, 23 de setembro, às 19h. A mostra reúne desenhos, fotografias, colagens, gravuras e instalações e poderá ser vista até o dia 30 de outubro. A entrada é gratuita. Classificação: livre.

A passagem do tempo

Este momento, agora, é mais passado ou mais presente? O acúmulo dos anos transforma, altera a matéria e o rastro do que fica pode ser somente sinalizado pela memória. Memória daquilo que foi, daquilo que seria, daquilo que virá a ser.

Profundamente atravessadas pelos últimos anos, em que a presença precisou ser interrompida, Júlia, Lara e Victória apresentam neste instante de vida a exposição coletiva ‘como se fosse agora’, com trabalhos reconfigurados e inéditos, sobreposições entre a produção das três artistas e obras efêmeras.

Assumindo a inevitável metamorfose, também, da forma como o pensamento se constrói, a mostra deixa em aberto um processo criativo contínuo que tem momentos de hiato e de fazer intenso, como mortes e renascimentos.

Sobre as artistas

Júlia Abdalla é graduanda em Licenciatura em Artes Visuais pela UFMG. Nasceu em Franca, São Paulo e vive em Belo Horizonte. Explora os meios da gravura e do desenho na tentativa de registrar experiências internas e pensamentos ininterruptos que nascem do cotidiano “banal”. Participou de diversas exposições coletivas, é artista residente no Centro Cultural UFMG, como membro do grupo de estudos Rebento, e tem experiências em Arte Educação.

Lara Mortimer é natural de Belo Horizonte, formada em desenho pelo curso de Artes Visuais da UFMG. Pelo interesse em criar e refletir as interseções entre as linguagens, seus trabalhos partem de técnicas variadas como o desenho, monotipia, fotografia e vídeo. Atualmente desenvolve sua pesquisa imagética acerca da ideia de paisagem (re)construída em consonância com o corpo em seus movimentos de olhar, reconhecer, pensar e lembrar. Participou de exposições coletivas em Belo Horizonte, é artista residente no Centro Cultural UFMG, como membro do grupo de estudos Rebento, e já ministrou, individual e coletivamente, oficinas de arte e comunicação.

Victória Sofia é artista visual natural de Belo Horizonte, graduada em Artes Visuais pela UFMG – habilitação em Desenho. Interessada pela manifestação visual da passagem do tempo, utiliza técnicas como texto, imagem gráfica, desenho, fotografia e degradação orgânica para construir e destruir imagens. Participou de diversas exposições coletivas e residências em Belo Horizonte, além de possuir experiência profissional com educação em instituições culturais.

 

Exposição coletiva como se fosse agora

Abertura: 23 de setembro de 2022 | às 19h

Visitação: até o dia 30 de outubro de 2022

Terças a sextas: 9h às 20h

Sábados, domingos e feriados: 9h às 17h

Sala Ana Horta, Centro Cultural UFMG

Classificação indicativa: livre

Entrada gratuita

Centro Cultural UFMG recebe exposição de esculturas corporais vestíveis em metal de Dyana Santos

Texto: Assessoria do Centro Cultural UFMG

O Centro Cultural UFMG inaugura a exposição Crisálida: fissuras reminiscentes, da artista Dyana Santos, na sexta-feira, dia 23 de setembro, às 19h. A mostra reúne um conjunto de esculturas corporais vestíveis em metal e poderá ser vista até o dia 30 de outubro. A entrada será gratuita com classificação livre.

Em Crisálida: fissuras reminiscentes, Dyana Santos expõe séries de esculturas vestíveis realizadas principalmente a partir de chapas de aço oxidado, cobre e das medidas anatômicas de seu corpo. As obras nascem da necessidade da artista de verter, sob a forma de imagens, reflexões acerca das violências estruturantes de um sistema e Brasil neoliberal, patriarcal e, em muitos aspectos, ainda colonial, que atravessam seu corpo e sua existência. “Muitas vezes, meus trabalhos nascem da dor e da necessidade de gritar para o mundo sobre as feridas estruturais e sistêmicas que tangem a minha própria existência”, diz a artista. Para ela, durante esse processo, o fazer artístico adquire uma dimensão quase espiritual, como se esse grito fosse também uma oração. Dyana ressalta que não tem o desejo do culto à dor e o que lhe move é uma necessidade de resistência a ela, um anseio de transcendê-la e a esperança futura de sua cura.

O recorte de seus trabalhos se insere dentro do contexto de pesquisas escultóricas e tridimensionais que desenvolve desde 2014 e que envolvem processos de fatura próximos ao universo da costura – tanto nas técnicas de modelagem/planificação no metal das peças anatômicas que compõem as esculturas quanto na fixação delas por meio de pontos de rebites ou fios de cobre.

Sobre a artista

Dyana Santos é uma artista e pesquisadora mineira e contagense, doutoranda pela Escola de Belas Artes da UFMG. Suas pesquisas partem de suas vivências e se expandem em reflexões acerca de aspectos sociais e estruturais, que envolvem, principalmente, a intersecção entre classe econômica, gênero, sexualidade e racialização. Atualmente, tem se dedicado às linguagens da instalação, objetos e esculturas, em que parte das medidas anatômicas de seu corpo para desenvolver estruturas em aço e cobre. Tem trabalhos nos acervos do Museu de Arte Contemporânea de Jataí, no Centro Cultural de Contagem e na Casa de Cultura Maestro Dungas, em Itabirito, sendo reconhecidos com menção honrosa e prêmio aquisitivo como primeiro lugar em salões de arte nas respectivas cidades.

Exposição Crisálida: fissuras reminiscentes – Dyana Santos

Abertura: 23 de setembro | às 19h

Visitação: até o dia 30 de outubro

Terças a sextas-feiras: 9h às 20h

Sábados, domingos e feriados: 9h às 17h

Sala Celso Renato

Classificação indicativa: livre

Entrada gratuita